default-logo1
default-logo1
05
SET
2019

Itaúsa está confiante na compra da Liquigás

Posted By :
Comments : Off

Fonte: Valor Econômico | Empresas  São Paulo | SP

A Itaúsa participa neste momento de 30 processos de aquisição de ativos, dos quais 15 estão mais avançados, disse Alfredo Setubal, diretor-presidente da companhia, em reunião ontem com investidores. Desses, a possível compra da Liquigás é a única que deve ser concluída ainda neste ano, segundo ele. O porcentual da companhia a ser comprado, no entanto, ainda não está definido.

A Petrobras informou que o consórcio liderado pela Itaúsa e pela Copagaz foi o que fez a maior proposta pela Liquigás. Setubal disse que os NDAs (processos não vinculantes) dos quais a Itaúsa participa são de diversos setores, entre eles energia, e muitos têm caráter de aprendizado para a holding.

“Até dois ou três anos atrás a Itaúsa não era nem procurada pelos bancos de investimento, porque não era um investidor muito ativo”, disse a jornalistas após reunião da Apimec. Agora, no entanto, a holding vem procurando montar um portfólio de ativos não financeiros, já que hoje está muito concentrada na participação que tem no Itaú Unibanco.

Nesse processo, a preferência, de acordo com Setubal, é que sejam ativos não regulados, pouco dependentes do governo, complementares em relação ao banco e que sejam empresas com marcas consolidadas. “Da Petrobras, estamos olhando vários ativos, como a Liquigás.”

Startups estão fora do radar da Itaúsa. O objetivo da holding é que sejam investimentos da ordem de R$ 1 bilhão a R$ 2 bilhões. Setubal afirmou que reduzir o peso do Itaú é difícil, mas a ideia é que a Itaúsa tenha, em cinco ou seis anos, um portfólio também relevante de participações nos setores de serviços e industrial.