default-logo1
default-logo1
10
OUT
2019

Petrobras e Equinor estudam parceria na geração térmica a gás

Posted By :
Comments : Off

Fonte: EPBR

Petrobras anunciou nesta quarta-feira (9/10) que fechou um Memorando de Entendimentos com a Equinor para estudarem projetos de geração térmica a gás em conjunto, bem como a viabilidade sobre ativos de processamento e escoamento de gás nas áreas do Terminal de Cabiúnas (TECAB), em Macaé, do Comperj, em Itaboraí. A estatal estima que os dois locais têm potencial para se tornarem relevantes polos de gás natural nos próximos anos.

As duas empresas também vão estudar como combinar esforços em investimentos em gás natural, Gás Natural Liquefeito (GNL) e geração de energia.

Em meados de agosto, a diretora de Refino e Gás Natural da Petrobras, Anelise Lara, confirmou que a empresa estuda a venda de 15 das suas 26 usinas termelétricas, possivelmente em 2020. A executiva também afirmou que a Petrobras pode entrar no leilão de energia nova A-6 deste ano com projetos de geração termelétrica a gás.

Atualmente, a Petrobras e a Equinor são parceiras no campo de Roncador e nos blocos exploratórios BM-C-33, Dois Irmãos e C-M-709, nas bacias de Campos e Santos.

O desenvolvimento dos projetos de exploração e produção de gás natural da Equinor no Brasil devem privilegiar o abastecimento do mercado interno de energia. A Equinor estima que vai produzir entre 300 mil e 500 mil barris por dia de óleo e gás no Brasil até 2030.

Atualmente, a Equinor produz da ordem de 110 mil barris/dia no Brasil, por meio da operação do campo de Peregrino, onde é dona integral do ativo, e da parcela de 25% de Roncador, adquirida da Petrobras em 2018 – Roncador produz cerca de 200 mil barris/dia.