default-logo1
default-logo1
31
OUT
2019

Reformas no mercado de gás estão no caminho certo, afirma Margareth Ovrum

Posted By :
Comments : Off

Fonte: EPBR

Para Equinor, por mais que a abertura do mercado de gás no Brasil anda leve alguns anos, as alterações regulatórias em curso são positivas. A presidente da companhia no Brasil, Margareth Ovrum, afirmou à epbr que o Brasil segue hoje o exemplo da transformação do setor que ocorreu na Noruega, país de origem da companhia.

“Para a abertura do mercado, você precisa garantir o acesso à infraestrutura (de transporte do gás) e o acesso aos clientes”, disse.

“Nós estivemos na mesma situação muitos anos atrás na Noruega, onde a Equinor era detentora da infraestrutura. É muito similar e levou muitos anos. Não sei quantos anos levará aqui, mas não acontece da noite para o dia”, afirmou.

A executiva citou o memorando de entendimento recém-firmado com a Petrobras para projetos de geração térmica como um exemplo das possibilidades que o cenário atual da produção de gás permite. Para ela, hoje “é uma necessidade ter uma abordagem colaborativa”.

De acordo com o memorando, as empresas estudam projetos de geração térmica a gás em conjunto, bem como a viabilidade sobre ativos de processamento e escoamento de gás nas áreas do Terminal de Cabiúnas (TECAB), em Macaé, e do , em Itaboraí. A Petrobras estima que os dois locais têm potencial para se tornarem relevantes polos de gás natural nos próximos anos.

Ovrum participou nesta quarta (30) de um painel na , onde afirmou que o Brasil vive um momento muito positivo com a mobilização do governo e do regulador para a abertura do mercado de gás e com a promoção de reformas como a previdenciária, mas criticou o complexo sistema tributário nacional. Para ela, seria muito positivo se houvesse no país uma simplificação tributária.

A epbr conversou com vice-presidente global de Supply Chain da Equinor, Mauro Andrade, no OTC Brasil Studio. O podcast completo será publicado na quinta (31).