default-logo

O Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Gás Liqüefeito de Petróleo – Sindigás foi criado em 1974 com a finalidade de estudar, coordenar, proteger e representar a categoria diante da sociedade brasileira e nas diversas esferas dos governos federal, estadual e municipal. Além disso, o Sindigás busca uma maior colaboração junto aos poderes públicos, associações e entidades sindicais, de todos os níveis, no sentido da solidariedade social e de sua subordinação aos interesses nacionais.

Do ano de sua criação para cá, a entidade promoveu uma série de ações com o objetivo de modernizar o mercado e oferecer ao consumidor brasileiro produtos e serviços com mais segurança e qualidade. Mas foi em 1996, diante dos grandes desafios que levaram o setor à beira do colapso nos aspectos de competitividade, de rentabilidade e, pior ainda, de segurança ao consumidor final, que as empresas associadas decidiram criar – com a participação de órgãos do governo – o seu próprio Código de Auto-Regulamentação e um amplo Programa de Requalificação de botijões. A partir de então, o Sindigás passou a lutar de forma mais organizada e consistente por questões como liberdade de preços, livre mercado e ética concorrencial, além de defender a manutenção da marca gravada em alto relevo no produto e a implementação em larga escala de programas de qualidade e segurança.

Hoje, o Sindigás conta com sete empresas associadas (Amazongás, Copagaz, Fogás, Supergasbras, Nacional Gás, Liquigás e Ultragaz), que atuam em todas as regiões do país. Empresas jovens, que só recentemente entraram no mercado nacional; e empresas com mais de meio século de experiência em produção e comercialização de botijões. Juntas, elas representam quase 90% do mercado total de Gás LP brasileiro. São empresas que oferecem ao consumidor uma larga tradição de confiabilidade de suas marcas e que têm a responsabilidade de assegurar, há mais de 60 anos, o abastecimento da população brasileira em todos os pontos do território nacional.