Fonte: Correio do Estado

Preços do gás liquefeito de petróleo (GLP), o gás de botijão, recuaram 8,63% no intervalo de quatro semanas em Campo Grande, de acordo com levantamento da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). O custo médio do gás de cozinha ficou em R$ 69,94 na semana passada, frente a R$ 76,55 na última semana de junho.

Ainda conforme o levantamento da ANP, o etanol teve redução de 4,19% no valor médio comercializado na Capital sul-mato-grossense, saindo de R$ 3,217, na semana de 24 a 30 de junho, para R$ 3,134 na semana encerrada no dia 21 deste mês.

Para a gasolina, o recuo foi ligeiramente menor (-3,83%), porém o consumidor campo-grandense encerrou a semana passada encontrando o litro do combustível por R$ 4,138. Quatro semanas atrás, o preço médio estava por R$ 4,303.

No caso do óleo diesel, o preço médio apurado pela ANP nos postos de Campo Grande foi de R$ 3,430 na semana passada, o que representa redução de 1,58% em quatro semanas (o valor comercializado no fim de junho estava em R$ 3,485).

Estado
Em Mato Grosso do Sul, o preço do gás de botijão apresentou recuo de 4,80% em quatro semanas, passando de R$ 76,40 para R$ 72,72 nos pontos de venda do Estado, conforme a ANP.

Em relação aos demais combustíveis,  o etanol foi o que apresentou maior percentual de queda no mesmo período pesquisado. O custo médio do derivado de cana ficou em R$ 3,228 o litro na semana passada, frente a R$ 3,351 na última semana de junho.

Quanto à gasolina, a redução foi de 2,82% e o litro do combustível passou de R$ 4,390, na semana de 24 a 30 de junho, para R$ 4,266, na semana encerrada no dia 21 deste mês.

O diesel também teve pequena redução no Estado (-1,59%) e fechou a semana passada custando, em média, R$ 3,474. Quatro semanas atrás, a média de preço do combustível estava em R$ 3,530 em Mato Grosso do Sul.


Copyright © 2016 - Sindigas - www.sindigas.org.br — Todos os direitos reservados - Política de Privacidade