Fonte: O Globo

A Petrobras sempre disse que perdia dinheiro na venda do GLP (gás de cozinha) para residências a preços mais baixos do que para as indústrias e o comércio. Beleza

Agora, o jogo virou: o mercado estima que a estatal pode embolsar até R$ 2 bilhões por ano com a venda do gás de cozinha residencial.

Motivo: a diferença do preço de importação (R$ 20) e o de venda para as distribuidoras, que é de R$ 25.

 


Copyright © 2016 - Sindigas - www.sindigas.org.br — Todos os direitos reservados - Política de Privacidade